Rio Open 5ª edição

11/11 a 15/11/2017.

Até o momento, 28 damistas confirmados.
Total R$ 14.110,00

Nota da Comissão Organizadora

A Comissão Organizadora do Open Rio, 5ª edição, damas de 100 casas, composta por José Pereira Bomfim, Geraldo Mangela, Emanoel Libonati e Fábio Novaes, anuncia para novembro de 2017, a realização deste grande torneio damístico. A quantidade de rodadas, horários e duração das mesmas, está sendo definida pela equipe técnica do Open Rio 5ª edição.

Este assunto será tratado pelo regulamento da competição.

Para conhecimento geral, prestamos doravante o máximo de informações relacionadas com o nosso open. É importante destacar que todas as pessoas que desejarem participar deste grandiosos evento, estejam atentas e assim possam compreender tudo o que lhes passaremos daqui por diante. Para facilitar tal compreensão, enumeramos item por item de tudo o que lhes transmitirmos, mesmo assim, se ainda persistir dúvidas, elas serão elucidadas pelo mestre Bomfim, que disponibilizará seus celulares da Tim para contato, que são:
041 (21) 982148798;
041 (21) 982225980.

Segue portanto as referidas informações:

1) Por motivos alheios a nossa vontade, o número de inscrições não pode exceder a 100 (cem). Não poderemos ter mais de 100 (cem) pessoas jogando.

2) O valor da taxa de inscrição varia de R$ 300,00 (trezentos reais) a R$ 500,00 (quinhentos reais). Qualquer pessoa poderá jogar o Rio Open, 5ª edição, desde que tenha quitado a taxa de inscrição, condição indispensável para tal.

Adendo em 03/julho/2017:

A comissão organizadora do Rio Open de damas de 100 casas, 5ª edição, decidiu estender o prazo de inscrição do primeiro período que encerrou dia 30 de junho do ano em curso para o dia 31 de agosto do corrente ano. Isso significa que o valor da inscrição previsto permanece inalterado, ou seja, de R$ 300,00. Em consequência a prévia da premiação prevista para o início de julho, passou para o início de setembro.

3) Temos 3 (três) períodos para fazer a inscrição, pagando evidentemente a taxa.

4) O primeiro período vai de 16 (dezesseis) de março a 30 (trinta) de junho do corrente ano. Aquele damista que se inscrever dentro deste prazo, pagará somente os R$ 300,00 (trezentos reais), como já foi dito.

5) O segundo período vai de 1 (um) de julho a 31 (trinta e um) de agosto do ano em curso. A taxa de inscrição quitada dentro deste prazo será de R$ 400,00 (quatrocentos reais).

6) O terceiro período vai de 1 (um) de setembro a 31 (trinta e um) de outubro de 2017 e a taxa de inscrição custa R$ 500,00 (quinhentos reais).

7) Todos estão percebendo que o melhor é pagar, a referida taxa, no primeiro período, pois, os retardatários serão penalizados.

8) Os depósitos referentes ao pagamento da taxa de inscrição, ou outros valores, deverão ser feitos na conta corrente do mestre Bomfim:
José Pereira Bomfim
Banco Santander
Conta:01000321-2
Agência 3677

Desafio.

Pretas jogam e ganham.
Final real que aconteceu entre 2 GMIs em um mundial. Os únicos softwares que encontraram as respostas corretas usam o banco de dados mais completo do Brasil.

9) Esses valores mencionados no item anterior, grande parte desse recurso se destina a composição da premiação que vai ser distribuída entre 3 (três) grupos: A, B e C.

10) É importante informar, que os valores depositados referentes ao item 9 (nove) não serão devolvidos aos seus depositantes, mesmo aqueles que não venham ou que não possam jogar, salvo se o Open Rio não se realizar. Esperamos contudo, que tal situação, jamais possa acontecer.

11) É bom que se diga, as pessoas fazem isso (seus depósitos) de livre e espontânea vontade, ninguém é forçado a nada, é simplesmente uma questão de confiança mútua e é nisso que acreditamos.

12) Os depósitos feitos por quem quer que seja que excederem ao valor da taxa de inscrição, serão considerados doações. Feita a dedução do valor da taxa de inscrição, o que sobrar irá se juntar ao valor que cada um pagou para se inscrever, fortalecendo desta forma seu grupo.

13) Se o valor da doação, explicitado no item 12 (doze) for superior a R$ 1.000,00 (um mil reais), o direcionamento deste valor será feito assim: 50% irá para o grupo A (geral), e a outra metade irá para os grupos B e C, meio a meio.

14) 85% de todo o dinheiro arrecadado, quer com as inscrições, com as doações já faladas e com as colaborações dos nossos parceiros do grupo especial, tem um só destino que é a de compor a premiação dos damistas que se destacarem por ordem de classificação dentro dos seus respectivos grupos.

15) Os 15% restantes serão utilizados no pagamento da arbitragem e para cobrir despesas extraordinárias.

16) As pessoas interessadas em fazer suas inscrições, deverão ligar para o mestre Bomfim, por meio dos celulares já divulgados, a fim de receberem suas senhas identificadoras. Ao cumprirem este procedimento, ficarão habilitadas a fazerem seus depósitos.

17) Após a identificação do depósito feito, o nome de quem o fez, bem como o referido valor, serão, de imediato, lançados no otabliteiro.com.br

18) Se for de seu interesse, cada um, melhor dizendo, cada pessoa poderá acompanhar a evolução dos depósitos feitos, assim motivada, poderá convencer outros damistas de participarem do nosso Open Rio.

19) Oferecemos acomodação, de graça, para 70 (setenta) damistas, são 5 (cinco) pernoites que se inicia na sexta-feira, dia 10 (dez) e termina na quarta-feira, dia 15 (quinze). Os beneficiados serão os primeiros inscritos.
Obedeceremos com todo o rigor a ordem de inscrição.

20) Todos os participantes deverão trazer roupa de cama, especialmente, lençóis. Dispomos apenas de colchões.

21) O café da manhã é gratuito, será servido nas dependências do prédio da competição, de domingo, dia 12 (doze) a quarta-feira, dia 15 (quinze) de novembro. Uma hora e meia antes do início da rodada.

22) Os participantes do Open Rio, poderão optar aonde fazer suas refeições, isto é, almoçar. Em volta (na redondeza) do local da competição tem vários lugares que servem alimentação. Nós também vamos oferecer este tipo de serviço e aqueles que desejarem almoçar conosco, terão que desembolsar R$ 15,00 (quinze reais), com direito a um copo de refrigerante de 300 ml. A escolha é livre. Cada um fará o que melhor lhe convier.

23) Embora o regulamento da nossa competição já trate dessa matéria, achamos importante informar, doravante, que a primeira rodada do nosso Open Rio 5ª edição, começará no sábado, dia 11 de novembro, às 13:00 horas.

24) Chegou o momento de dirigir nossas palavras aos nossos parceiros do grupo especial, vocês tem colaborado conosco desde as primeiras edições do Open Rio, queremos mais uma vez contar com a boa vontade de todos. Saibam que a ajuda que tem nos dado é muito importante, não só por tornar a premiação total mais atraente, mas, pela atitude demostrada, ao reconhecerem o nosso trabalho pelo engrandecimento do jogo de damas e do seu desenvolvimento em todo o Brasil, é por pensarem assim que continuam a nos prestigiar. Expressamos o nosso reconhecimento pelo apoio que tem nos dado e agradecemos ao pai redentor, por esta honrosa bênção.

25) O mestre Bomfim, por razões adversas, desta vez não vai poder acomodar damistas em sua residência, entretanto, alguns companheiros do seu relacionamento pessoal poderão ser convidados. Este é um assunto que vai ser tratado posteriormente, e nesse caso, o melhor é não criarmos nenhuma expectativa neste sentido, o que for, será.

26) Divulgaremos o montante arrecadado, bem como a sua distribuição entre grupos, em 3 (três) datas, distintas, tal como:
  a) A primeira prévia será divulgada entre os dias 1 (um) a 10 (dez) de julho.
  b) A segunda prévia será conhecida entre os dias 1 (um) a 10 (dez) de setembro.
  c) Finalmente, a terceira prévia, última e definitiva, será divulgada, entre os dias 1 (um) a 3 (três) de novembro.

27) O grupo especial ainda pode crescer. Para que isso seja possível é preciso que cada damista lute e se interesse em conseguir em seu circulo de amizade, alguém para ser parceiro. Esta idéia foi implementada a muito tempo e vem dando certo, pois já temos alguns companheiros fazendo isso, não obstante, este número precisa aumentar e assim, nossa arrecadação tende a subir, o que é bom para todos.

28) Cada parceiro do grupo especial, deverá contribuir com uma importância mínima de R$ 50,00 (cinquenta reais). Todo dinheiro arrecadado desses parceiros, irá em quantias iguais para os 3 (três) grupos: A, B e C e na composição final, tudo vai ser distribuído, conforme já elucidamos.

29) O grupo C é composto por damistas com rating abaixo de 2140. O grupo B vai de 2140 a 2310 e o grupo A (geral), acima de 2310.

30) Os integrantes do grupo A concorrem somente as premiações distribuídas dentro do seu grupo, mas os componentes do grupo B e C que concorrem as premiações dos seus respectivos grupos, podem concorrer aos prêmios do grupo A, entretanto, se for contemplado, terá que receber o que for maior, se for igual, será de sua livre escolha, mas apenas uma das premiações.

31) O rating de cada jogador vai ser o levantado do dia 15 (quinze) de março de 2017 e é este que vai valer para definir a posição real de cada damista dentro do seu respectivo grupo.

32) A inscrição é dentro dos prazos estipulados, entretanto, as doações não são vinculadas a nenhuma data e poderão ser realizadas até 20 (vinte) horas do dia 30 de outubro de 2017.

33) O Open Rio é um evento não internacionalizado, portanto, não serão aceitas inscrições de estrangeiros.

34) Chegou o momento de desejarmos, antecipadamente, uma boa viagem, tanto na vinda quanto na volta, às pessoas que virão participar do Rio Open, 5ª edição.
Esperamos que sejam recompensadas com bons prêmios, mas, isso não ocorrendo, sejam felizes do mesmo jeito. O mais importante é participar e poder contribuir para o aprimoramento de cada um e a elevação e desenvolvimento do nosso querido jogo de damas em todo Brasil.

Link Regulamento

Rio de janeiro, 15 de março de 2017

Cordialmente:

Geraldo Mangela de Souza
Presidente da ADBF
mangela@otabliteiro.com.br

José Pereira Bomfim
Conselheiro
bomfim@otabliteiro.com.br

Emanoel Libonati
Mantenedor
dama100@otabliteiro.com.br

Fábio Novaes
Diretor DPT Técnico para damas de 100 casas

SELETIVA TAÇA RIO

RUA CAJURANA, 07 – COELHO NETO.
MUNICIPIO: RIO DE JANEIRO
DATA: 27/08/2017
--------------------------------------------
SUIÇO EM 06 RODADAS
TABLITA – 21X21

OBS.: NÃO PODERÃO PARTICIPAR DESSE EVENTO OS SEGUINTES DAMISTAS:
JURACI BELARMINO, VINICIUS DAMIR, DJAIR QUINTANILHA, BRÁULIO AUGUSTO, MARCO AURÉLIO, CHARLES JESUS SEIDEL, LUIS AUGUSTO, EDI EDMILSON, MOISÉS FELIPE E FERNANDO MORETTI.

IMPORTANTE: OS 10(DEZ) MELHORES COLOCADOS DA TAÇA RIO JOGARÃO A PRIMEIRA DIVISÃO.

TAXA INCRIÇÃO R$ 30,00

Damista teste seu raciocínio.
AS BRANCAS JOGAM E GANHAM.

CLUBE DE DAMAS E XADREZ DO CAMPO SÃO BENTO

I CIRCUITO NACIONAL LELIO SARCEDO

Data: 23 SET 2017 09:30 H;
LOCAL: CAMPO SÃO BENTO – NITERÓI - BAIRRO : ICARAÍ – RUA GAVIÃO PEIXOTO;
TAXA INSCRIÇÃO- R$ 15,00;
7 PARTIDAS TRADICIONAL – 21 MINUTOS;
1º LUGAR – TROFÉU;
2º LUGAR- MEDALHA;
3º LUGAR- MEDALHA;
4º LUGAR- MEDALHA;
5º LUGAR- MEDALHA.

MAIORES INFORMAÇÕES- (21) 98770-7921 oi/ 98118-5624 tim ou
email: pcastrojf2016@hotmail.com
Responsável - PAULO SÉRGIO

40º Torneio de Copacabana

Copacabana teve hoje, 20 de agosto de 2017, mais um circuito de jogo de damas denominado 40º torneio de Damas Tradicional que classificará 8 damistas para o gram circuito Carlos Cavalcante Oliveira.

Roberto Alencar de França foi o campeão com 11 pontos seguido de Paulo Sergio Castro, Moises Felipe Roberto e o mineiro Cenílio Alves Teixeira.

O grau de dificuldade técnica tem aumentado substancialmente nas disputas dos eventos. Prova disso que o campeão do 39º Torneio parou na última mesa na 7ª rodada.

Minas Gerais está sendo muito bem representada por Cenílio que promete, no próximo evento, ser o campeão.

Destaque para a grande ventania que carregou o tabuleiro e as peças da mesa 11 onde jogavam Libonati x Oswaldo. Eles até tentaram reproduzir a partida e chegar na posição final mas foi pedir muito para os damistas pra lá de cinquentões. Resolveram então reiniciar o jogo em uma partida relâmpago e desta feita Oswaldo levou a melhor e agradeceu aos deuses que trouxeram os ventos uivantes.

Abaixo classificação do 40º Torneio de Damas Tradicional e tabela geral de clasificação do Gran Circuito Carlos Cavalcante Oliveira.


40º Torneio de Damas Tradicional de Copacabana

PlaceNomeFederScoreProgrBuch.M-Buch.
1 ROBERTO ALENCAR DE FRA?A, RJ 11 39.0 55.0 39.0
2 MOISES FELIPE ROBERTO, RJ 10 43.0 63.0 45.0
3 PAULO SERGIO CASTRO, RJ 10 47.0 55.0 40.0
4 CENILIO ALVES TEIXEIRA, MG 10 43.0 54.0 39.0
5 RAIMUNDO TEODORO, RJ 9 38.0 55.0 39.0
6 JOS? ANTONIO TEIXEIRA, RJ 9 34.0 45.0 33.0
7 JORGE CALDEIRAS, NT 8 34.0 50.0 35.0
8 MARCOS JUSTINO RIBEIRO, RJ 8 33.0 53.0 38.0
9 JOS? PEREIRA BONFIM, RJ 8 30.0 59.0 43.0
10 CARLOS ALBERTO R. DE MATO, RJ 8 22.0 36.0 27.0
11 SEVERINO JOS? ARRUDA, RJ 8 21.0 45.0 32.0
12 EDSON CAPUCCI, NT 7 29.0 49.0 34.0
13 EVELYN BAPTISTA, RJ 7 28.0 49.0 35.0
14 MARCIO BRAZ, RJ 7 24.0 46.0 33.0
15 LUIZ PINTO DA SILVA, RJ 6 34.0 57.0 41.0
16 RAIMUNDO EDVALDO MESQUITA, NT 6 31.0 51.0 36.0
17 SEBASTI?O BARROS, RJ 6 27.0 51.0 36.0
18 MANOEL EVARISTO DA SIOVA, RJ 6 24.0 43.0 32.0
19 SEBASTIAO IGREJAS, VR 6 23.0 37.0 27.0
20 OSWALDO FERREIRA, RJ 6 22.0 48.0 35.0
21 MIKE RAMON, RJ 6 18.0 47.0 35.0
22 RAIMUNDO ANTONIO PEREIRA, RJ 5 22.0 48.0 36.0
23 ROBERTO CARLOS CUNHA, RJ 5 20.0 47.0 33.0
24 MAURO BAPTISTA, RJ 4 18.0 43.0 31.0
25 EMANUEL S. FARO LIBONATI, RJ 4 15.0 44.0 32.0
26 ADAIR VERGILIO, NT 2 9.0 44.0 31.0

GRAN CIRCUITO CARLOS CAVALCANTE.

Nome33º Tor
15/jan
34º Tor
19/fev
35º Tor
19/mar
36º Tor
23/abr
37º Tor
21/mai
38º Tor
11/jun
39º Tor
16/jul
40º Tor
20/ago
41º Tor
10/set
42º Tor
15/out
43º Tor
12/nov
44º Tor
17/dez
Total
pontos
1 - MOISES FELIPE ROBERTO 4 9 7 7 27
2 - PAULO SERGIO CASTRO 9 9 6 24
3 - RAIMUNDO EDIVALDO MESQUITA 9 7 0 4 0 20
4 - JOSE PEREIRA BONFIM 7 4 7 1 0 0 0 19
5 - SEBASTIÃO BARROS 0 1 6 7 4 0 0 0 18
6 - WILLIAM COSTA OCANHA LOPES 9 3 5 17
7 - RAIMUNDO TEODORO PEREIRA 5 6 0 0 1 0 4 16
8 - MIKE RAMON 5 4 6 0 15
9 - WILLIANS OLIVEIRA SILVA 0 6 7 13
10 - SEVERINO JOSE ARRUDA 2 0 9 0 11
11 - CENILIO ALVES TEIXEIRA 5 1 5 11
12 - LEONARDO R. CASIMIRO 6 5 11
13 - JOSE ANTONIO TEIXEIRA 0 6 0 3 9
14 - RONALD SANTOS 0 0 9 9
15 - ROBERTO ALENCAR DE FRANÇA 9 9
16 - MARCOS JUSTINO RIBEIRO 0 0 0 6 0 0 0 1 7
17 - ROBERTO CARLOS CUNHA 2 3 0 0 2 0 0 7
18 - MAICOM RODRIGO 7 7
19 - LUIZ PINTO DA SILVA 0 5 0 0 0 0 5
20 - RAFAEL MORAES FERREIRA 0 0 4 1 5
21 - JEFERSON PEREIRA 0 5 0 5
22 - JOSÉ AURECELINO FRANKLIN 3 0 2 5
23 - EMANOEL S. F. LIBONATI 0 0 4 0 0 0 0 4
24 - CARLOS ALBERTO R. MATOS 3 0 0 0 0 0 0 3
25 - EVELYN BAPTISTA 3 0 3
26 - RAIMUNDO ANTONIO PEREIRA 3 0 3
27 - JONEL EIDELMAN 3 3
28 - MAURO BAPTISTA 2 0 0 2
29 - ANGELO DOS SANTOS 0 2 2
30 - JORGE CALDEIRA 0 2 2
31 - CELESTINO OLIVEIRA 2 2
32 - OSWALDO FERREIRA 0 0 1 0 0 0 0 1
33 - RAIMUNDO ANTONIO PEREIRA 1 0 0 0 0 0 1
34 - GLAUBER OLIVEIRA 0 0 0 0
35 - EDSON JOEL 0 0 0 0
36 - MARCIO BRAZ 0 0 0 0
37 - ADAIR VIRGILIO 0 0 0
38 - EDSON CAPUCCI 0 0 0
39 - JOSE DO CARMO 0 0
40 - WAGNER CASTRO LIMA 0 0
41 - MANOEL DA SILVA 0 0
42 - LUCIANO SANTOS DE SOUZA 0 0
43 - SEBASTIÃO IGREJA DA SILVA 0 0
44 - JOSE CARLOS ALVES (TUCA) 0 0
45 - JADIR NAZARIO MAGALHAES 0 0
46 - CELSO ASSED IUNES FILHO 0 0
47 - BENJAMIM CAMARGO 0 0
48 - ANDRE LUIZ N. SANTOS 0 0
49 - MANOEL TAVARES 0 0
50 - JORGE LUIS PEREIRA DOS SA 0 0
51 - GEOVANE THOMAZ 0 0
52 - FERNANDO ARAUJO 0 0
53 - MARLON ANTONIO DA SILVA 0 0
54 - SEBASTIAO IGREJAS, 0 0
55 - MANOEL EVARISTO DA SIOVA 0 0

* Critérios de desempate:
1 - Maior pontuação;
2 - Maior número de participação;
3 - "Participação/Maior pontuação" anterior.

Outros critérios poderão ser aferidos pela organização.



Contatos:
Luiz Pinto (21) 98761-3978
João Ricardo (21) 96884-1931
Email: damascopacabana@gmail.com
damascopacabanablogspot@gmail.com

21º Jogos Regionais do Idoso(JORI)

Com a participação dos atletas mestre Bomfim jogando damas e Cenílio jogando xadrez, foi realizado na cidade de São Sebastião a 21ª etapa do JORI (Jogos Regionais do Idoso).

O JORI é uma competição similar aos Jogos Regionais e aos Jogos Abertos do estado de São Paulo. Este evento é realizado em 8 regiões. Aonde classificam-se os melhores colocados nas suas modalidades e depois é realizado uma final com os vencedores, em outra dada denominada de JAI (Jogos Abertos dos Idosos).

Mogi das Cruzes foi representado pelo atleta José Pereira Bomfim na modalidade damas e pelo atleta Cenílio Alves Teixeira na modalidade xadrez.

Após acirrada disputa contra fortes damistas do Vale do Paraíba, o "mestre Bomfim" conseguiu um ótimo 2º lugar (vice-campeão).

Bomfim liderou a competição até a última rodada, quando acabou sendo vencido por Valquir Morais, que representou a cidade de São José dos Campos.

Agora poderemos ver uma grande posição, na qual Bomfim consegue brilhante empate jogando contra o campeão do evento, o senhor Sérgio representante da cidade de Guarulhos.

Brancas jogam e empatam!

1.g1-f2! - ... qualquer outro lance levaria a derrota

1... f6-g5 2.h4-h8 f8-e7 3.h8xd4 c5xg1 4.c3-b4!! a5xc3 5.b2xd4 g1xc5 8.f4-g5 h6xf4 9.g3xa5 com jogo de empate.

Bruno Felicio foi o árbitro do evento e estará presente no Open Rio.

21º Jogos Regionais do Idoso(JORI)

PlaceNomeRtg LocClubScoreProg.M-Buch.Buch.
1 Sergio Ferreira Holanda 2031 Guarulhos 11 46.0 51.0 55.0
2 Jose Pereira Bonfim 2183 Mogi das Cruzes 10 44.0 56.0 63.0
3 Jose Arsenio de Gouveia Suzano 10 36.0 49.0 49.0
4 Valquir Silva Moraes 2113 Sao Jose dos Campos 10 34.0 49.0 52.0
5 Antonio Silvino de Olivei 1694 Cruzeiro 9 41.0 49.0 55.0
6 Anastacio da Conceicao Fe Francisco Morato 9 37.0 55.0 60.0
7 Osvaldo Jose Clemente 1792 Poa 8 36.0 51.0 55.0
8 Nelson Camargo de Oliveir 1950 Cajamar 8 36.0 50.0 55.0
9 Nalsito de Jesus 1952 Sao Sebastiao 8 35.0 50.0 56.0
10 Jose Adalberto Ribeiro da Pindamonhangaba 8 33.0 50.0 54.0
11 Jose Miguel da SIlva Filho 1841 Ubatuba 8 31.0 49.0 51.0
12 Joaquim Ribeiro Brandao 1909 Taubate 8 27.0 47.0 50.0
13 Vanderlan da Silva 2035 Ilhabela 7 32.0 49.0 52.0
14 Joao Rocha Caraguatatuba 7 29.0 52.0 58.0
15 Raimundo Caldeira 1999 Jacarei 7 27.0 41.0 41.0
16 Euclides Dorea da Silva Potim 7 25.0 43.0 43.0
17 Manoel Raimundo da Silva Itaquaquecetuba 7 24.0 38.0 38.0
18 Dilmar Pereira dos Santos Lorena 6 22.0 39.0 41.0
19 Adilson Fernandes Querino Salesopolis 6 16.0 33.0 33.0
20 Hiroyuki Morioka Paraibuna 5 20.0 42.0 42.0
21 Octavio de Campos Guaratingueta 4 18.0 41.0 43.0
22 Jose Helio Maciel Cacapava 3 15.0 44.0 48.0
23 Jose Maria Rodrigues da S Piquete 2 8.0 38.0 38.0
24 Jose Raimundo Cestari Fil Canas 0 0.0 42.0 44.0

Magistral Carioca de 100 casas.

Finalmente neste domingo, 30 de julho de 2017, o Magistral Carioca de 100 casas teve sua conclusão. O novo campeão é Edi Edmílson que se destacou na liderança com 17 pontos.

Particularmente, em minha opinião, a grande final para o Edi foi contra nosso querido amigo José Pereira Bomfim, porém, o campeão estava com sorte de campeão. Bomfim fez um trabalho minucioso na abertura e meio jogo e ficou muito superior ao seu oponente e, por um equívoco momentâneo, colocou tudo a perder ao entregar uma peça. A partir deste momento Edi não deu mais chance ao oponente vencendo o jogo e assumindo a liderança.

Enquanto isso, Geraldo Mangela tentava entortar o Angelo que conseguiu, com muito custo um belíssimo empate.

Na última rodada, Djair Quintanilha (invicto na competição) levou pressão majorada de Geraldo Mangela e teve que articular suas peças deixando-as em pontos chaves para obter o empate (característica de sua grande capacidade técnica).

Outro invicto na competição foi Juraci Belarmino, porém, o mesmo ficou em 4º lugar.

Parabéns a todos que patrocinaram o torneio, Geraldo Mangela, José Pereira Bomfim, Fábio Lopes Novais e ao campeão Edi Edmílson.

Magistral Carioca 2017 (100 casas)

PlaceNomeRtg LocScoreBergWins
1 Edi Edmilson Rogerio, 2350 17 156.00 7
2 Geraldo Mangela Souza, 2336 16 158.00 6
3 Djair Quintanilha, 2310 16 152.00 5
4 Juraci Belarmino Duarte, 2425 15 143.00 4
5 Luis Augusto Silva, 2325 13 111.00 5
6 Fabio Lopes Novais, 2304 11 114.00 2
7 Jose Pereira Bomfim, 2134 11 101.00 5
8 Angelo Gabriel Silva, 2227 10 75.00 4
9 Ezequiel Mufarrej Libonat, 2366 10 72.00 4
10 Moises Felipe Roberto, 2250 8 74.00 2
11 Emanoel Santana Faro Libo, 2133 3 15.00 1
12 Jeter Marcelino Ribeiro, 2124 2 19.00 0

Jogos Regionais de Americana

Vejam abaixo a classificação final e a foto da equipe de Campinas(Cps.), campeã da modalidade Jogo de Damas dos Jogos Regionais de Americana - 4ª região esportiva do estado de São Paulo.

Da esquerda p/ a direita: Almeida, Barbosa, Yara, Almiro e Vedolin. No dia da foto faltou o Quintas.

Parabéns a esses abnegados damistas que jogaram por amor à modalidade, sem receber nada de ninguém, indo e voltando todos os dias de Cps. p/ Americana com seus próprios carros.

Infelizmente, na última hora, Cps. resolveu não oferecer ônibus e nem alojamento em Americana para nenhuma modalidade.

A competição foi realizada no Sistema Suíço em cinco rodadas e houve muito equilíbrio entre as três primeiras colocadas, tanto é que a decisão só aconteceu nos critérios de desempate.

Damas Livre - 5ª rodada:

Americana 0 x 10 Campinas;
Mogi Guaçu 10 x 0 Paulínia;
Limeira 1 x 9 Hortolândia;
Aguaí 4 x 6 Santa Bárbara D'Oeste;
Conchal 5 x 5 Bye

Classificação final:

1º Campinas12,5.38
1º Mogi Guaçu12,5.37
1º Hortolândia12,5.33
1º Santa Bárbara D'Oeste8.23
1º Limeira7,5.21
1º Americana7.19
1º Paulínia5,5.17
1º Aguaí5,5.17
1º Conchal3,5.20

William Bucco


Biografia de um dos maiores árbitros de jogo de damas do Brasil

WILLIAM BUCCO DE CARVALHO

Árbitro credenciado pela Federação Paulista do Jogo de Damas, desde outubro de 1994, na categoria Estadual Pleno; Desde 2006 tem como parceiro de arbitragem o Sr. Antonio Carlos de Almeida, árbitro federado na categoria Estadual Pleno; De 02 a 09/12/95 foi o árbitro oficial do “23º Campeonato Brasileiro” realizado em Águas de Lindóia/SP;

EXPERIÊNCIA DE ÁRBITRO DA MODALIDADE

Formado em Ciências Econômicas da PUCC – Campinas/SP, Atua como árbitro nos Jogos Regionais e Abertos, desde 1994;
Em outubro/94 foi o árbitro dos “Jogos Abertos do Interior” em São José do Rio Preto/SP (1º ano da inclusão da modalidade nos Jogos Abertos do Interior);
Em 1993 foi o árbitro do “Camp. Estudantil” promovido pela SEJEL.

É instrutor da modalidade credenciado pelo CREF: Inscrição nº 031843-P/SP de 19/02/2004.
Responsável pela “escolinha” do Cl. Bonfim Recreativo e Social;

Em 2004 e 2005 foi o técnico responsável pelas equipes de Campinas que participaram dos “Joguinhos”, Jogos Regionais e Abertos;

Em 1998 ministrou aulas do Jogo de Damas no “CAIC” de Campinas;
De 1994 a 1997, inclusive, ministrou aulas na Escola Salesiana São José em Campinas, para alunos da 2ª a 4ª séries, com registro em carteira;
Em 1993 ministrou aulas do Jogo de Damas na Escola Infantil Gênesis em Águas de Lindóia/SP, para alunos da 1ª a 8ª séries.

EXPERIÊNCIA DE TÉCNICO DA MODALIDADE

Há mais de 10 anos é o responsável pela Equipe de Campinas;
Em julho de 2008 foi o responsável técnico pela equipe de Campinas – Cat. Livre, nos Jogos Regionais em Rio Claro;
Em julho de 2000, foi o técnico da equipe de Mogi Guaçu/SP - Categoria Livre, que se sagrou campeã dos 44º Jogos Regionais.

OUTRAS ATIVIDADES NA MODALIDADE

Foi Diretor Regional da Federação Paulista do Jogo de Damas;
Foi o idealizador e organizador dos “Festivais Apesec”;
Em 10/03/1958, aos 18 anos de idade e, portanto, há 58 anos, fundou o Deptº. do Jogo de Damas do clube Bonfim Recreativo e Social de Campinas, reconhecido recentemente pela C.B.J.Damas como o mais antigo da América Latina.

Através desse Deptº., pelo qual é o responsável, são realizados anualmente os seguintes eventos:
Campeonato Campineiro (55 edições até 2016);
Campeonato Popular (49 edições até 2016) e;
Campeonato Caras e Coroas (42 edições até 2016), os quais são os três mais tradicionais eventos de Jogo de Damas do Brasil;

De 21/12/2002 a 15/01/2015 foi o presidente da Associação dos Damistas da Região Metropolitana de Campinas – ADRMC, através da qual realizou inúmeros torneios do Jogo de Damas em nossa região.

Link Histórico do Campeonato Campineiro

Link “Torneio Caras e Coroas” - histórico curioso

Link Histórico do Departamento do “Jogo de Damas” do Clube Bomfim Recreativo e Social

Contato: williambucco@uol.com.br

Defesa
A taque
Manobra
Análise
Solução.

EM FOCO

Os damistas com conhecimento teórico, que durante boa parte de sua vida acumularam experiências defendendo o tabuleiro de 64 casas, hoje convivem com uma nova realidade proporcionada pelo avanço da tecnologia e com a expansão da informática.

Softwares foram elaborados para vários segmentos e o jogo de damas foi um dos beneficiados, com ganhos bastante positivos.

Contudo, notou-se que o jogo convencional, que inspirou milhares de obras valiosas, hoje vêem com tristeza o desinteresse por esse patrimônio em razão da decoreba.

Mudanças foram empregadas para combater a memorização tais como: Sorteio de abertura, duplo sorteado e Tablita cuja finalidade foi âvalorização do raciocínio isso tudo para mostrar que ato de decorar ficou em segundo plano. Só que muitos damistas ainda não assimilaram tais modificações.

Os damistas que aceitaram essa transformação, hoje fazem parte desse processo evolutivo.

Está claro que uma das mudanças utilizadas para combater a decoreba foi a criação da tablita pelos russos. A finalidade principal foi a priorização do raciocínio em detrimento da memorização.

Dúvida: Existem determinados sorteios que geram questionamentos por não terem uma explicação plausível sobre sua concepção (posições duvidosas), e essa controvversia vai perdurar e novas mudanças deverão ser feitas inclusive mecanismos para evitar que a decoreba seja também rotineira na tablita.

Damas Internacionais

Teve seu apogeu no iní­cio do século passado, e a França foi sua pátria. Hoje, com a regra unificada, essa modalidade cria corpo e alma e semeia os bons fluidos em vários continentes de nosso querido planeta. No Brasil, o avanço tem sido significativo, basta observar as participações constantes de nossos jovens em campeonatos mundiais.

Terminou, recentemente, na França o Campeonato Mundial de Juniores, e o Brasil fez bonito. Coube a Lucas Oliveira Massola, da cidade de Jaú-SP, a medalha de bronze pela honrosa terceira colocação.

Como foi importante para nosso país essa colocação! Ela nos mostra que estamos no caminho certo.

Esperamos que nos jogos Mundiais dos Esportes Intelectuais de 2016, a serem realizados no Brasil, nossos atletas arrebatem medalhas mais importantes dessa competição.

Corrida Contra o Tempo

Os estados do Maranhão, Rio de Janeiro e São Paulo largam na frente e sinalizam na mesma direção tendo como prioridade o fortalecimento da modalidade de 100 casas e sem deixar de lado as outras modalidades.

No ano passado, Em 2013, Rio e São Paulo, realizaram várias competições utilizando as modalidades 64 e 100 casas a qual foi denominada de Bitabuleiro, competição inusitada que caiu no gosto dos amantes das damas. Também não está descartada criação de competições com roupagem diferente, pois o objetivo é diversificar as competições, tornando-as cada vez mais atraentes.